Hoje é Dia de Waldo

A maior goleada do Torneio Rio-São Paulo, em 1960

Com show de Waldo, que saiu contundido no intervalo, o Fluminense aplicou uma acachapante goleada no São Paulo. Vinte e cinco minutos do 1o tempo e o tricolor já vencia por 4 a 0, com dois gols dele, um de Pinheiro (de pênalti) e um de Maurinho.

Antes do intervalo, Roberto descontou para os paulistas e Waldo, mesmo com fortes dores, fruto de uma torção severa no joelho, marcou mais um.

No 2o tempo, sem ele, o Fluminense permitiu que o São Paulo marcasse mais uma vez, de pênalti.

Wilson Bauru e Escurinho colocaram números finais ao marcador, na maior goleada desta edição do Torneio que teria o Fluminense como campeão.

Qual teria sido o placar final se Waldo tivesse atuado no 2o tempo?


1835 – Nascia o grande pianista e compositor Ernesto Nazareth, ilustre tricolor. 1921 – Nascia o goleiro Robertinho, campeão carioca em 1946.

1960 – Rio-São Paulo: 7x2 São Paulo, no Maracanã. Waldo (3), Pinheiro, Maurinho, Wilson Bauru e Escurinho. 1959 – Nascia o narrador e jornalista esportivo Ricardo Mazella, ilustre tricolor.

1965 – Nascia o jornalista e cronista esportivo Marcos Caetano, ilustre tricolor. 1982 – Nascia o volante Marciel, campeão carioca de 2002 1983 – Nascia o volante Diguinho, campeão brasileiro de 2010 e 2012 e campeão carioca de 2012. 2002 – Rio-São Paulo: 2x0 Guarani, em Campinas. Fernando Diniz e Magno Alves. O goleiro Murilo defendeu um pênalti.


Essa e outras 365 histórias Tricolores estão em HOJE É DIA DE FLUMINENSE, o livro-calendário oficial do Tricolor, disponível em nossa loja online. Tiragem reduzida, garanta já o seu com frete grátis para todo o Brasil.



Posts recentes

Ver tudo